Injeção eletrônica

Injeção eletrônica

A injeção eletrônica é uma das partes mais importantes de um veículo. Ela surgiu como uma substituta do carburador e controla a quantidade de combustível para que o motor apresente o melhor desempenho, além de ajudar a diminuir níveis de emissão de poluentes. Por isso, sua manutenção é essencial para o bom funcionamento do veículo.

“As revisões da injeção eletrônica devem acontecer a cada 10 mil km ou a cada seis meses”, recomenda Aleksandro Viana, sócio proprietário da rede de oficinas Grupo Sahara e consultor do jornal Oficina Brasil.

Cuidados na manutenção da injeção eletrônica

Viana dá algumas dicas para que o motorista fique atento na hora da manutenção:

• A limpeza de bico não deve ser feita por pressão, somente com ultrassom. Ele deve ser colocado no detergente, deixando o produto agir por um tempo;

• Verificar que tipo de limpeza será realizada, além de ver se o bico de borboleta e o bico injetor serão retirados ou se o procedimento será feito com eles no lugar – a segunda opção não é boa. O ideal é retirá-los para limpeza;

• Retirar o corpo de borboleta e fazer uma descarbonização e procurar uma oficina adequada para o serviço. Se a pessoa forçar a borboleta para limpar, pode danificá-la.

Cuidados no dia a dia

De acordo com Viana, algumas medidas tomadas pelos motoristas podem ajudar a evitar problemas na injeção eletrônica:

• Procurar abastecer sempre em um posto de confiança;

• Fazer alternância de combustíveis no caso de carros com o sistema flex. Os fabricantes aconselham sempre a cada três tanques de álcool colocar um de gasolina. Isso acontece porque o álcool cria uma espécie de resina no bico injetor;

De olho no carro

Segundo o sócio proprietário da Sahara, o motorista deve observar alguns sinais para verificar se o carro está com problemas na injeção eletrônica:

• Estar sempre atento à questão da aceleração, o carro não pode oscilar;

• Luz de avaria o painel.

A vida é um grande espetáculo e para protagoniza-lo com dignidade precisamos nos sentir protegidos. E esta proteção começa individualmente, passando pela nossa própria vida, nossa saúde, nosso futuro, nossa família e nosso patrimônio para que possamos viver intensamente cada ciclo da vida. Por isso, a proteção passa a ser a grande necessidade das pessoas neste século, marcado por acontecimentos imprevisíveis.  E proteger as pessoas e seus patrimônios é justamente a missão da maior seguradora do Brasil: a Bradesco Seguros.

Fundada há 78 anos, e atenta a diversas necessidades, atua nos ramos de Automóveis, Ramos Elementares, Seguro Saúde, Capitalização, Seguros de Vida e Previdência Complementar.

Ao longo de sua história a Bradesco Seguros, vem trilhando uma trajetória marcada por um sólido crescimento e pleno sucesso. Com uma ampla estrutura de proteção em todo o território nacional, oferece a seus quase 42 milhões de clientes uma moderna estrutura de atendimento por meio de suas Centrais de Atendimento Telefônico, Internet, 374 dependências próprias e 42 mil corretores ativos, além de contar com a rede de mais de 4,6 mil agências do Banco Bradesco.

A Bradesco Seguros também foi pioneira em seu segmento na implantação de uma Ouvidoria de Clientes. Um canal de comunicação, com o objetivo de solucionar eventuais problemas de atendimento. Uma estrutura que funciona dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade.

Diferenciais que consolidam cada vez mais a marca do Grupo Bradesco de Seguros no mercado brasileiro.

Uma marca construída a partir do resultado de suas quatro seguradoras.

Injeção eletrônica
Rolar para o topo
error: Content is protected !!
×

olá!

clique em um dos nossos representantes abaixo para conversar no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para corretora@claroseguros.com.br

× Posso ajudar?