Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

NOVO JEEP CHEROKEE É OFICIALMENTE LANÇADO POR R$ 174.900

Claro, é Seguro!

NOVO JEEP CHEROKEE É OFICIALMENTE LANÇADO POR R$ 174.900

10 de setembro de 2014 Notícias 0

NOVO JEEP CHEROKEE É OFICIALMENTE LANÇADO POR R$ 174.900

Utilitário de luxo chega em versão única equipada com motor 3.2 V6 a gasolina com 271 cv e 32,2 kgfm; versões básica e topo chegam até o final do ano

por GIULIA LANZUOLO, DE ATIBAIA   Auto Esporte

O novo Cherokee já foi flagrado pela Autoesporte durante a gravação de comerciais e sendo vendido nas lojas, mas agora é oficial. Nesta quarta-feira (10), a nova geração do utilitário foi apresentado pela Jeep, e é oferecido nas concessionárias por R$ 174.900, na versão única Limited. Além da mudança drástica no design externo e interno, o destaque é a estreia no Brasil do motor 3.2 V6 Pentastar a gasolina e da transmissão automática de nove marchas (igual a do Range Rover Evoque) com tração 4×4. Com 271 cv de potência e 32,2 kgfm de torque, ele chega para rivalizar com SUVs como Audi Q3, BMW X1 e Evoque, abarcando consumidores do filão que mais cresce entre os premium, os utilitários de luxo.

Itens de série e futuras versões

Exemplo concreto desse novo espírito são as tecnologias que o modelo americano traz, como park assist e controle adaptativo de velocidade, ambas inéditas em veículos da Jeep. Ainda em relação a tecnologia, o utilitário fabricado em Ohio (Estados Unidos) tem sistema multimídia com tela de de 8,4 polegadas com GPS, Bluetooth, entrada USB e de cartão de memória, reconhecimento de voz e sistema de som com nove alto-falantes. Também por esta tela são comandados os sistemas de refrigeração e aquecimento da cabine, ventilação dos bancos dianteiros, conexão com o telefone e outros sistemas. O som conta com nove alto-falantes e subwoofer.

O painel de instrumentos conta com uma tela de LCD de sete polegadas. Por lá, são passadas informações como coordenadas de navegação, velocidade, consumo instantâneo de combustível, avisos de segurança, informações do sistema de som e qual tipo de controle de tração está selecionado.

Novo Jeep Cherokee (Foto: Divulgação)

A montadora também investiu em itens de conveniência, como retrovisores externos rebatíveis eletricamente, com luzes de cortesia, sensores de chuva e de pressão dos pneus (obrigatório nos EUA),  teto solar panorâmico, sete airbags, detectores de ponto cego nos retrovisores, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, freio de mão elétrico,  além do botão que dispensa o uso de chave para dar a partida. O sistema que estaciona o carro por conta própria será vendido como opcional.

A robustez do novo Cherokee fica por conta da estrutura, que conta com 65% de aço de alta resistência. O carro conta, ainda, com apoios de cabeça ativos, controle eletrônico de estabilidade e de rolagem.

Até meados de outubro, o novo Cherokee será vendido apenas com esse conjunto de itens de acabamento. A partir de então, novas versões do modelo americano aportam no Brasil. A variante de entrada, batizada de Longitude, chega ao mercado depois do Salão do Automóvel de São Paulo. Já a topo de linha, chamadaTrailhawk, desembarca entre dezembro deste ano e janeiro de 2015. A básica e a top tem preços estimados em R$ 159.900 e R$ 189.900, respectivamente.

Conforme a reportagem apurou com concessionárias, os diferenciais da versão topo de linha se concentrarão nas costuras dos bancos, no para-choque, nas rodas com desenho diferente e nos três ganchos de reboque adicionais, afinal, a Trailhawk é pensada mais nas trilhas, ambiente no qual o Cherokee ainda se dá bem. O caminho da civilidade, contudo, é mais forte, como bem indicam não apenas as tecnologias, como o acerto de suspensão, que segue o esquema independente nas quatro rodas. Foi-se o tempo que todo Jeep tinha eixos rígidos.

Novo Jeep Cherokee (Foto: Divulgação)

Mercado

O visual renovado do Cherokee não demonstra apenas a evolução de um modelo, mas um novo posicionamento de mercado. A reestilização e novo conjunto de itens tecnológicos mostra que as prioridades mudaram. O foco deixou de ser o apenas o cliente aventureiro. Agora, interessa fisgar consumidores mais próximos das cidades do que das estradas, menos preocupados com a resistência do que com o conforto de seus veículos. Assim, o utilitário deixa de ser um produto adaptado ao purista mercado norte-americano off-road para torna-se mais global.

No Brasil, a maior parcela do mix de venda do SUV virá da versão Limited, a intermediária, de acordo com lojistas da marca. Apesar de contarem com poucas unidades em estoque por enquanto, as autorizadas fazem reserva dos carros mediante pagamento de sinal de R$ 10 mil.  A taxa de financiamento do Cherokee só será definida quando os carros estiverem faturados e disponíveis no show room, mas estima-se que fique em torno de 1,5% ao mês.

Novo Jeep Cherokee (Foto: Divulgação)