Renault Sport revela o novo carro de competição

Claro, é Seguro!

Renault Sport revela o novo carro de competição

27 de agosto de 2014 Notícias 0

Renault Sport revela o novo carro de competição

Novo R.S. 01 marca uma nova etapa do Renault Sport Trophy

O Renault Sport R.S. 01 possui um proeminente losango que domina a face dianteira do veículo

A Renault acaba de revelar o seu novo carro de competição: o R.S. 01 . Com um design profundamente inspirado nos protótipos, o novo carro apresenta uma imagem radical e um elevado desempenho com assinatura da Renault Sport.

«O Renault Sport R.S. 01 é um automóvel de competição, com um design extraordinário e um emblema da paixão que a Renault nutre pelo desporto automóvel. O envolvimento entusiástico de Laurens van den Acker e da sua equipa produziu este automóvel de linhas espectaculares que, só por si, traduz a ambição deste modelo fora do comum. E, por baixo das suas linhas, nós condensámos o melhor know-how da Renault Sport Technologies, que lhe proporciona performances de elevadíssimo nível, que irão fazer vibrar o coração dos pilotos e do público,” refere Patrice Ratti,  Director-Geral da Renault Sport Technologies.

Design

As formas do novo R.S. 01, incluindo os mais pequenos detalhes foram criados para responder a dois objetivos: tornar o Renault Sport R.S. 01 num ícone da marca Renault e obter o melhor desempenho em pista, através da procura da maior eficácia aerodinâmica.

Tal como todos os modelos Renault desenhados sob a direcção de Laurens van den Acker, o Renault Sport R.S. 01 possui um proeminente losango que domina a face dianteira do veículo. Com uma largura de 2000 mm,  para 1116 mm de altura, a frente é reforçada pelos faróis de circulação diurna LED, que se prolongam ao longo das aberturas de arrefecimento dos travões.

A grelha frontal transporta o ar através do chassis até aos dois radiadores de água e é expelido pelos dois extratores colocados sobre o capot. Este fluxo de ar permite aumentar o apoio do automóvel na dianteira. A lâmina do splitter inferior e o fundo plano completam o dispositivo aerodinâmico na dianteira. As duas aletas situadas em cada um dos lados do pára-choques geram vórtices que limitam a turbulência gerada pela rotação das rodas.

O ar canalizado pelo splitter inferior passa através dos extratores posicionados atrás das rodas dianteiras e segue ao longo das portas, alimentando assim os permutadores de temperatura, o que permite o arrefecimento dos turbocompressores.

Para além do aileron regulável, o difusor traseiro ajuda a aumentar a aderência do Renault Sport R.S. 01 à pista. Este dispositivo tem a grande vantagem de não provocar arrasto e, por isso mesmo, não penalizar a velocidade máxima. A traseira do Renault Sport R.S. 01 fica ainda marcada pela dupla saída de escape e pelos faróis de LED que se prolongam a toda a largura do automóvel.

Performance

O R.S. 01 está equipado com um motor V6 3.8L biturbo desenvolvido pela Nismo, com origem no Nissan GT-R. A pressão do turbo foi adaptada para obter uma potência superior a 500cv e um binário máximo de mais de 600 Nm. Com estas performances o Renault Sport R.S. 01 posiciona-se entre os GT3 e os modelos do DTM. O motor foi combinado com uma caixa de velocidades de 7 velocidades fornecida pela Sadev. Os comandos sequenciais são activados pelas patilhas no volante e geridos por um activador XAP eletromagnético.

Chassis

Tal como para a Fórmula Renault 3.5, a Italiana Dallara foi encarregada dos estudos e do fabrico do chassis. A estrutura que integra o reservatório de combustível de 150 litros recebe um roll-bar em aço. Na dianteira, a estrutura deformável absorve a energia em caso de choque, ao mesmo tempo que o seu design torna mais eficaz a aerodinâmica do automóvel. Todo o conjunto foi concebido para proporcionar um elevado nível de segurança e respeitar as normas FIA LMP1 2014.

Temporada de 2015

O novo R.S. 01 vai figurar no principal troféu monomarca da Renault, o Renault Sport Trophy, a partir de 2015. O veículo vai evoluir neste campeonato, integrado nas World Series by Renault. Este campeonato irá criar uma nova fileira de pilotos para as equipas “Pro-Am” e vai servir de ponte para os campeonatos GT, DTM, ELMS e WEC.

Para além dos generosos prémios que recompensarão os melhores pilotos e as melhores equipas em cada corrida e no final da temporada, o Campeão da categoria “Pro” terá direito a um programa completo (simulador, preparação física, media training…) de “rookie test”, com a equipa oficial Nismo no campeonato Super GT no Japão. O campeão da categoria « Am » terá, também ele, um prémio bastante interessante, com a garantia de disputar, em 2016, as 24 Horas de Le Mans, num protótipo LMP2.

Fonte: Autoviva